População deve procurar PA e não hospitais para emergências a partir de segunda

População deve procurar PA e não hospitais para emergências a partir de segunda

A partir da próxima segunda-feira (6), a população não deve mais procurar os hospitais para atendimento médico emergencial. Todos os casos deverão passar pelo Pronto Atendimento Dr. Cândido Garcia (PA 24h), que passará a atender 24h, todos os dias da semana – incluindo sábados, domingos e feriados.

“Antes os pacientes eram atendidos das 7h às 23h no PA e após este horário seguiam para o hospital de plantão. A partir de segunda, os casos de urgência e emergência deverão passar obrigatoriamente pelo PA, em qualquer horário”, orientou a secretária municipal de Saúde, Cecília Cividini. 

Também na segunda-feira chega ao fim o sistema de rodízio de plantão dos hospitais. Agora, todos os hospitais estarão de plantão todos os dias da semana, porém só receberão pacientes encaminhados pelo PA 24h ou pelas ambulâncias do Siate/Corpo de Bombeiros e do Samu. 

As orientações foram reafirmadas durante reunião na tarde desta sexta (3), no Pronto Atendimento, com a presença do prefeito de Alto Piquiri, Luís Carlos Borges Cardoso, presidente dos consórcios de saúde do Paraná e do Cisa/Amerios; da diretora da 12ª Regional de Saúde, Viviane Herreira; Bruna Fátima Pinheiro Pereira e Ânderson Luiz Candiani, do PA 24h; Renata Figueiredo Campagnole de Oliveira, diretora de Saúde do município; e dos representantes dos hospitais Uopeccan (Débora Caús e José Carlos Ribeiro), Nossa Senhora Aparecida (Cristiano Nelli) e Norospar (André Buratti). O representante do Hospital Cemil foi informado sobre a reunião por telefone. 

“Embora seja uma mudança bem significativa, para a população será bem simples: o que muda é que o PA fechava às 23h e agora não vai mais fechar, ou seja, a população poderá buscar socorro – em casos de urgência e emergência – 24h por dia e não deve mais ir diretamente aos hospitais”, reforçou a chefe da 12ª RS, Viviane Herreira. 

Quando o paciente necessitar de internação ou de um cuidado mais apurado, o encaminhamento para o hospital será feito pelo próprio PA 24h, conforme a especialidade e a disponibilidade de leitos, acrescentou o coordenador do Pronto Atendimento, Anderson Candiani. 

Ele lembrou que a procura inadequada tem aumentando em cerca de 50% o número de pacientes na unidade. “Estamos recebendo muitas pessoas que deveriam procurar a UBS do seu bairro. A população ainda confunde o que é urgência e emergência dos casos que devem ser atendidos nas unidades”, explicou.

“E isso acaba aumentando o tempo de espera pelo atendimento, prejudicando as pessoas que realmente necessitam de atenção mais urgente”, completou. 

O presidente do Cisa/Amerios, Luís Carlos Cardoso, reafirmou que a mudança de atendimento atingirá apenas Umuarama e não envolve pacientes de outros municípios, que continuarão sendo atendidos em suas respectivas localidades e encaminhados aos hospitais, caso haja necessidade de internação. 

Para ampliar o atendimento aos pacientes, a Secretaria Municipal de Saúde está estruturando quatro unidades de saúde dos bairros para estender o horário de funcionamento – até as 22h. Serão as unidades Jardim Cruzeiro, Vitória Régia, Cidade Alta e Guarani. 

“Com isso a população terá mais opções para realizar as consultas e tratamentos que exigem acompanhamento, contribuindo também para desafogar o PA 24h”, informou a diretora de Saúde, Renata Campagnole de Oliveira. “Nos próximos dias teremos mais detalhes e a data de início desse atendimento”, finalizou. 

Fonte:
https://umuarama.portaldacidade.com/noticias/cidade/populacao-deve-procurar-pa-e-nao-hospitais-para-emergencias-a-partir-de-segunda-4455

Deixe seu Comentário

Mande seu Alô!

Fale com a Chyrstian FM!

  • Chyrstian 97.3 FM

    Mande seu Alô!