Ideb: Paraná supera meta para o ensino fundamental, mas fica abaixo do objetivo no ensino médio em 2019

Ideb: Paraná supera meta para o ensino fundamental, mas fica abaixo do objetivo no ensino médio em 2019

Ideb mede o desempenho da educação em todo o Brasil — Foto: Divulgação/SEED

O Paraná superou as metas de desempenho no ensino fundamental medido pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), em 2019, mas não atingiu o objetivo nas séries do ensino médio estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC).

O resultado do índice foi divulgado nesta terça-feira (15).

O Ideb leva em conta a proporção de alunos aprovados e o desempenho dos estudantes nas provas de matemática e português.

Nas avaliações das séries de ensino fundamental, o Paraná teve a quarta melhor avaliação do Brasil. No ranking do ensino médio, o estado ficou na terceira posição. 

No índice geral, são considerados os desempenhos tanto da rede particular, quanto da pública.

As metas variam entre os estados. O estado de Goiás, que ficou em segundo no ranking do ensino médio, foi o único a bater a meta de desempenho para o ano, por exemplo.

Desde 2013, ensino médio brasileiro não atinge nível esperado de qualidade.

 

Ensino fundamental

Nas séries iniciais do ensino fundamental, do 1º ao 5º ano, a nota do Paraná foi 6,5. A meta para 2019 era 6,4. Em toda a série histórica, desde 2007, o estado sempre esteve acima da meta estipulada.

Em 2019, segundo o índice, a taxa de aprovação nas séries iniciais no estado ficou em 96%.

Segundo o Ideb, o Paraná teve destaque positivo nas provas de matemática entre o 1º e 5º do ensino fundamental, com o segundo melhor desempenho médio do país. Nas provas de português, o estado ficou com a terceira melhor média de notas.

Já nas séries finais do ensino fundamental, o Paraná voltou a atingir a meta após oito anos abaixo do objetivo estipulado.

A evolução aconteceu, principalmente, pelo crescimento na taxa de aprovação entre os alunos do 6º ao 9º ano, que ficou em 92%, quinto melhor desempenho do país. Em 2017, o índice de aprovação ficou em 87% e era o 11º no ranking brasileiro.

No desempenho nas provas de português e matemática, o estado ficou em segundo, atrás de Santa Catarina.

No índice final, as escolas públicas estaduais tiveram nota 5,1, para meta de 5,1. E as escolas privadas tiveram nota 6,7 para uma meta de 7,4.

 

Ensino médio

O desempenho do estado no ensino médio melhorou desde a avaliação anterior, de 2017. Na nota geral, o estado aumentou 0,7 no índice, o maior crescimento do Brasil. Mesmo assim, o resultado ficou abaixo da meta pela quarta avaliação seguida.

Entre os alunos deste ciclo, a aprovação ficou em 89% em 2019. Em 2017, a taxa no estado era de 81%.

Ao reparar os resultados entre as redes de ensino, os alunos do ensino médio público no Paraná tiveram uma nota média de 4,4 para uma meta de 4,9. Na rede particular, a nota foi 6,4 para uma meta de 7,0.

Segundo o secretário Estadual de Educação, Renato Feder, o resultado foi satisfatório. "O Paraná deve comemorar. O Paraná cresceu mais do que o dobro da média brasileira. A nota dos alunos da escola pública se aproximou da escola particular. Isso significa igualdade de oportunidades", afirmou.

Como o Ideb é calculado?

O Ideb é um índice de 0 a 10, calculado com base em dois fatores:

  • índices de aprovação/reprovação dos alunos e de abandono dos estudos, medidos no Censo Escolar;
  • notas em provas de português e de matemática no Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica).

Para ter um bom Ideb, é preciso ter baixas taxas de reprovação e de abandono de estudos, além de resultados satisfatórios no Saeb. Essa avaliação é aplicada sempre no fim de cada etapa escolar: 5º e 9º ano do ensino fundamental, e 3º ano do ensino médio.

Fonte: G1Globo

Deixe seu Comentário

Mande seu Alô!

Fale com a Chyrstian FM!

  • Chyrstian 97.3 FM

    Mande seu Alô!