Grupos de apoio ajudam pessoas a superarem o luto, em Curitiba: A dor precisa ser vivida

Grupos de apoio ajudam pessoas a superarem o luto, em Curitiba: A dor precisa ser vivida

Quando nem as luzes das velas iluminam a escuridão de perder alguém querido, o apoio de outras pessoas pode ajudar. Em Curitiba, grupos de apoio reúnem pessoas que tentam conviver com as dores do luto.

No Cemitério Jardim da Saudade, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), e na Paróquia Nossa Senhora das Mercês, os participantes dividem suas histórias e recebem acompanhamento em encontros gratuitos.

Entender os sentimentos após a perda, para aprender a lidar com eles, é um passo importante, segundo a psicóloga, que acompanha e orienta as reuniões do grupo do Cemitério Jardim da Saudade.

Marisa Cremer, coordenadora do grupo de apoio ao luto da Paróquia das Mercês, ressalta que a reação à tristeza de perder alguém e o processo de superação do luto variam de caso a caso.

Deixe seu Comentário