Secretário Márcio Nunes é visto saindo do IAT após denúncias de festa no local

Secretário Márcio Nunes é visto saindo do IAT após denúncias de festa no local

O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo do Estado do Paraná, Márcio Nunes (PSD), esteve envolvido em uma confusão na noite desta quinta-feira (14), em Umuarama.

Em meio a pandemia do novo coronavírus e ao avanço da doença na cidade, o também deputado estadual teria participado de um suposto churrasco na sede do Instituto Água e Terra do Paraná (IAT), conforme denúncias de vizinhos da sede do órgão público, que antes era o Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Após a comunicação de desobediência às medidas de prevenção ao novo coronavírus, especificamente àquela que impede a aglomeração de pessoas, a Guarda Municipal, Polícia Militar e Vigilância Sanitária foram averiguar se na sede do IAT ocorria realmente uma festa.

Após aproximadamente 40 minutos das ligações telefônicas com as denúncias, e com a chegada das autoridades policiais e sanitárias, algumas pessoas saíram pela porta do estacionamento do Instituto, onde também fica a área de convivência e festas.

Entre os visitantes que saiam estavam empresários do ramo de combustíveis e o próprio secretário Márcio Nunes. Eles e as outras pessoas que se reuniam na regional do IAT foram embora nos vários veículos que estavam estacionados na rua, em frente à sede do Instituto.

Ao Portal da Cidade Umuarama, a assessoria do secretário Márcio Nunes disse que ele estava cumprindo agenda nos municípios de Goioerê, Campo Mourão, Engenheiro Beltrão, Terra Boa, Indianópolis, finalizando a agenda regional em Umuarama.

“O secretário tinha agendado para às 18h uma reunião com o chefe e os funcionários da regional [IAT], como de praxe em suas agendas. Devido ao atraso na agenda, o mesmo chegou de viagem às 20h, fez a reunião e jantou, em seguida foi para o hotel”, destaca a nota.

A nota não esclarece se o jantar do secretário de Estado foi na própria sede do IAT e na presença de funcionários e outros convidados, e nem a razão da presença de empresários na reunião e o possível tema tratado.

O 25º Batalhão da Polícia Militar e a Guarda Municipal de Umuarama não destacam em suas respectivas notas à imprensa referência ao trabalho de verificação de denúncias em relação ao caso e de acompanhamento ao trabalho dos servidores da Vigilância Municipal Sanitária.

E apesar da verificação feita pelos fiscais municipais, a Prefeitura Municipal de Umuarama não informa de imediato se no local estava havendo um churrasco ou qualquer outro tipo de confraternização, apontando apenas que o caso continua em processo que “seguirá os trâmites legais” para o tipo de fato ocorrido. Leia o que diz a prefeitura:

A Prefeitura de Umuarama informa que uma equipe de plantão da Vigilância Sanitária foi acionada na noite desta quinta-feira, 14, para verificar denúncia de aglomeração no escritório local do Instituto Água e Terra (IAT), antigo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Os fiscais se deslocaram ao endereço, realizaram a abordagem e fizeram a devida notificação. Também solicitaram a dispersão do público, o que foi prontamente atendido. A situação foi acompanhada também pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar. O processo seguirá os trâmites legais.

 Nota não esclarece se o jantar do secretário de Estado foi na própria sede do IAT e na presença de funcionários e outros convidados (Foto: colaboração)

 

 
 

Fonte: Portal da Cidade Umuarama

Deixe seu Comentário

Mande seu Alô!

Fale com a Chyrstian FM!

  • Chyrstian 97.3 FM

    Mande seu Alô!

Audio Wave